Desempenho das Exportações Brasileiras de Grãos

Fechamento Março / 2017

Desempenho das Exportações Brasileiras de Grãos – Fechamento Março/2017

SOJA

As exportações de soja em grão totalizaram um volume de 9.7 milhões de toneladas embarcadas no mês último mês de março, sendo o mais alto valor já registrado neste mês, superando as 8.9 milhões de toneladas exportadas em março do ano passado. No acumulado do ano as exportações de soja somam um total de 17.2 milhões de toneladas, quase 30% acima da movimentação registrada no mesmo período em 2016.

O desempenho dos principais portos embarcadores de soja tem sido muito bom, apesar da grande preocupação do setor devido à intensa demanda que estes portos podem sofrer em decorrência da excelente safra de soja colhida pelo país. O porto de Santos segue como o principal destino das cargas de soja rumo ao mercado internacional, sendo responsável até o momento pela exportação de 6.9 milhões de toneladas, o que significa aproximadamente 40% do total embarcado pelo país até o final do mês de março. Os portos de Barcarena e Santarém apresentam o maior crescimento em relação ao volume de soja movimentado no ano de 2016, 171% e 101% respectivamente, retomando assim a tendência de escoamento por portos localizados na região norte, interrompida em 2016 devido às perdas do setor produtivo.

A expectativa de grandes volumes de exportação da oleaginosa neste ano, motivadas pela excelente safra obtida, vem se confirmando, o que nos permite vislumbrar novas quebras de recordes de exportação de soja em 2017. Nossa expectativa é de que até o final do ano, sejam embarcadas 60 milhões de toneladas de soja.

MILHO

A movimentação de milho em março se manteve baixa conforme observado nos primeiros meses do ano, com 142 mil toneladas destinadas à exportação. Apesar dos bons números da primeira safra, com o desabastecimento do mercado devido as perdas no ano de 2016, praticamente todo o volume de milho produzido na safra de verão deve ser absorvido pelo mercado interno. Entretanto, diante do cenário extremamente positivo para a segunda safra, de onde costumeiramente é originado a maior parte do milho exportado, podemos esperar bons resultados de exportação para o segundo semestre.

Nossa estimativa é de que as exportações de milho totalizem aproximadamente 28 milhões de toneladas embarcadas entre janeiro e dezembro de 2017, recuperando desta forma boa parte do espaço perdido no mercado internacional no ano passado.

Elaboração: ANEC

logo

Contato

  • Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656
    8º andar -Conj 8 A
    Jd. Paulistano -São Paulo - SP - Brasil
  • (11) 3039-5599 | (11) 3039-5597